,

Notícias da Região | Palotina

Quarta-feira, 07 de Abril de 2021

Descarte irregular de seringas preocupa trabalhadores em Palotina

Correio do Ar

Nesta semana durante recolha de reciclados na rua Dorvalino Cauduro, proximidades do ginásio de esportes municipal de Palotina, trabalhadores identificaram uma caixa contendo material hospital descartado de forma irregular.

A equipe verificou que no interior da caixa haviam seringas com agulhas, entre outros materiais hospitalares.

A situação foi repassada aos órgãos competentes para identificar quem fez o descarte. Acredita-se que alguma pessoa em tratamento domiciliar tenha usado os medicamentos e feito o descarte.

O lixo hospitalar pode representar risco à saúde humana e ao meio ambiente se não houver adoção de procedimentos técnicos adequados no manejo dos diferentes tipos de lixo gerados. Alguns exemplos de lixo hospitalar são materiais biológicos contaminados com sangue ou patógenos, peças anatômicas, seringas e outros materiais plásticos; além de uma grande variedade de substâncias tóxicas, inflamáveis e até radioativas.

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) estabeleceu regras nacionais sobre acondicionamento e tratamento do lixo hospitalar gerado - da origem ao destino (aterramento, radiação e incineração). Estas regras de descarte devem ser seguidas por hospitais, clínicas, consultórios, laboratórios, necrotérios e outros estabelecimentos de saúde. O objetivo da medida é evitar danos ao meio ambiente e prevenir acidentes que atinjam profissionais que trabalham diretamente nos processos de coleta seletiva do lixo hospitalar, bem como no armazenamento, transporte, tratamento e destinação desses resíduos

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário