,

Esportes | Caso Daniel

Sexta-feira, 16 de Novembro de 2018

Futebol: Paraná rescinde contrato com jogador envolvido na morte de Daniel

David Vollero atuava nas categorias de base do tricolor

David William Vollero, de 18 anos, era jogador das categorias de base do Paraná Clube.

O clube publicou a rescisão do contrato de David no Boletim Informativo Diário (BID), pouco mais de duas semanas após o corpo de Daniel ser encontrado em São José dos Pinhais.

David admitiu em depoimento ter participado do espancamento do jogador e que foi de carro com Edson, Ygor King e Eduardo da Silva até o local onde Daniel foi morto e seu corpo jogado em uma área rural. Tanto David quanto Ygor King, de 19 anos, afirmaram ter ouvido um barulho de sufocamento.

Ele ainda contou que conversou com Daniel na casa da família Brittes e que "trocou umas ideias com ele sobre futebol, devido a também ter jogado bola em times de base, mas que a conversa não passou disso".

O garoto afirmou que é amigo de Allana Brittes desde 2012, quando se conheceram. Os dois estudaram na mesma escola e tiveram um relacionamento amoroso.

David está preso preventivamente, assim como Edison Brittes, assassino confesso do jogador Daniel , a mulher Cristiana e a filha Allana.

Todos os envolvidos até agora serão acusados de homicídio qualificado (crime por motivo fútil).

Redação Catve.com

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário