,

Notícias da Região | Paraná

Quarta-feira, 15 de Maio de 2019

Maringá será sede do governo estadual a partir desta quarta-feira (15)

Maringá, principal polo da região Noroeste do Paraná, será a sede do Executivo Estadual nesta semana. A instalação do governo no município acontece nesta quarta-feira (15), às 18 horas, na sede da Sociedade Rural de Maringá, no Parque Internacional de Exposições Francisco Feio Ribeiro. Na quinta e sexta-feira (16 e 17), o governador Ratinho Junior, o vice-governador Darci Piana, secretários de Estado e diretores de empresas e autarquias despacharão do Parque de Exposições.

Nos dois dias, além de atendimentos à população, a agenda inclui reunião com a diretoria da Sociedade Rural e lideranças do setor, reunião do secretariado, entregas do programa Trator Solidário, inauguração de um Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) e de um espaço Meu Campinho.

A transferência acontece durante a 47ª Expoingá - Exposição Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Maringá – 24ª Internacional, que começou na última quinta-feira (09) e segue até este domingo. É a terceira vez neste ano que a sede administrativa do governo estadual é levada para o interior. Em fevereiro, o governo foi transferido para Cascavel, no Oeste, durante o Show Rural. Em abril foi a vez de Londrina, no Norte, durante a ExpoLondrina. A meta é atender todas as regiões do Estado.

Aproximar o governo da população e fortalecer o interior são os objetivos deste modelo trabalho, afirma o governador Ratinho Junior. “Ao concentrar as ações de governo durante grandes eventos do agronegócio, também demonstramos a atenção ao setor, que é essencial para a economia paranaense. A Expoingá é uma vitrine da pujança do agronegócio da região Noroeste e de todo o Paraná. É uma vitrine da produção, da tecnologia e do trabalho dos paranaenses”, diz o governador.

Participação 

O Governo do Estado está presente com diversas ações na Expoingá. A Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento, por meio de suas vinculadas, leva uma série de eventos técnicos e minicursos. A tradicional fazendinha do Instituto Emater tem 19 unidades didáticas voltadas a temas ligados à sustentabilidade, como agroecologia, geração de emprego e renda, agroindústria, transformação e turismo rural. O Instituto Agronômico do Paraná (Iapar) expõe animais da raça Purunã, desenvolvida a partir das pesquisas do Instituto.

Na Estação Copel, os visitantes da Expoingá podem conhecer mais sobre geração distribuída, mobilidade elétrica e sobre o uso seguro e eficiente da energia. Há também empréstimo de bicicletas e patinetes elétricos.

A Sanepar leva o EcoExpresso, onde o público pode conhecer o caminho da água desde a captação de água nos mananciais, tratamento, reservação, distribuição, até a coleta do esgoto, tratamento e destinação final para os corpos receptores. Outro tema abordado é o uso agrícola do lodo de esgoto.

No estande do Tecpar, os produtores e visitantes da feira podem conhecer as principais tecnologias voltadas para o campo, com a demonstração de soluções inovadoras que possibilitam maior produtividade e qualidade. A Fomento Paraná tem um balcão no estande do Governo do Estado para apresentar linhas de financiamento a empreendedores privados, de micro, pequeno e médio porte, e também conversar com prefeitos para discutir modalidades de financiamento disponíveis para os municípios. Também estão presentes o BRDE, o Detran e a Secretaria da Segurança Pública, por meio da Polícia Civil.

Massa News com colaboração AEN

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário