,

Nacional e Internacional | Senador

Segunda-feira, 03 de Dezembro de 2018

Oriovisto Guimarães abre mão de auxílios oferecidos pelo Senado

CATVE com Laís Laíny

Promessa de campanha, o senador eleito, Oriovisto Guimarães (Podemos) anunciou que vai abrir mão de alguns auxílios oferecidos pelo Senado Federal.

Um deles, é o auxílio-mudança que, segundo o próprio senador eleito, somado a outros benefícios aos parlamentares, tem um impacto de R$ 3,64 milhões.

"Não usarei o auxílio mudança oferecido pelo Senado para me instalar em Brasília. O Senado calculou um impacto de R$ 3,64 milhões somente para essas "ajudas de custo". Uma das minhas frentes de trabalho em Brasília será exatamente acabar com esses benefícios, que considero escandalosos", afirmou Oriovisto.

Afirmações parecidas que ele fez no Programa Bate Rebate, ainda na condição de candidato. 

Em suas redes sociais, o futuro senador afirmou que esses recursos farão falta para áreas mais importantes, como a educação. Ele destaca ainda que não aceitará "um centavo deste tipo de privilégio".

"O país enfrenta um momento difícil e, por isso, precisamos refletir, pensar que este dinheiro vai fazer falta para educação, para a saúde, para a segurança pública e para tantas outras carências de nosso povo. Precisamos economizar, acabar com estas regalias pagas com o dinheiro do contribuinte. Precisamos diminuir o tamanho do estado. Não aceitarei um centavo deste tipo de privilégio. O exemplo é fundamental se quisermos fazer a diferença e lutar pela transformação do nosso país"

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário