,

Esportes | Negócio da China

Sábado, 02 de Dezembro de 2017

Palmeiras recusa proposta de quase R$ 50 milhões da China por Dudu

ontratado em 2015, Dudu tem contrato com o Palmeiras até o fim de 2020 - em fevereiro houve uma renovação, com aumento salarial e da multa rescisória. Com 161 jogos e 41 gols pelo clube, o capitão tem dois títulos pelo Verdão: a Copa do Brasil, de 2015, e o Campeonato Brasileiro de 2016.

Constantemente procurado por times do exterior, Dudu recebeu nos últimos dias uma proposta do Changchun Yatai, da China. O clube asiático estava disposto a pagar 12 milhões de euros (R$ 46,9 milhões) pelo atacante, mas ele e o Palmeiras recusaram a investida. O camisa 7 diz que sua vontade é permanecer no Verdão e cumprir seu contrato, válido até o fim de 2020. 

– Estou muito feliz aqui no Palmeiras, espero continuar aqui. Tiveram algumas oportunidades para a Turquia; agora há pouco, esses dias atrás, surgiram algumas oportunidades da China, mas sempre falei com o (Alexandre) Mattos e com o presidente (Maurício Galiotte) que estou bem feliz aqui. Espero cumprir meu contrato para conquistar os títulos que ainda restam na minha cabeça para sair aqui do Palmeiras, ou continuar bastante ainda aqui no Palmeiras - afirmou o camisa 7, em entrevista à ESPN Brasil.

Em 2017, os turcos Besiktas e Fenerbahce mostraram interesse no atacante, mas as ofertas foram todas consideradas baixas demais, em torno de 9 milhões de euros (R$ 35 milhões). O próprio Changchun Yatai já tentou em outras duas oportunidades levá-lo.

Dudu custou 6 milhões de euros (R$ 23,2 milhões) ao Palmeiras - o clube comprou a segunda metade de seus direitos econômicos no início do ano, com aporte da Crefisa. Embora dono de 100% do atacante, o Verdão terá de devolver à patrocinadora os R$ 10 milhões que gastou na operação. O restante fica no clube.

Contratado em 2015, Dudu tem contrato com o Palmeiras até o fim de 2020 - em fevereiro houve uma renovação, com aumento salarial e da multa rescisória. Com 161 jogos e 41 gols pelo clube, o capitão tem dois títulos pelo Verdão: a Copa do Brasil, de 2015, e o Campeonato Brasileiro de 2016.

Quando perguntado sobre o que falta conquistar no Palmeiras, o capitão responde que ainda sente falta de um título internacional. O clube já está classificado para a fase de grupos da Libertadores do ano que vem.

 

LANCE!

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário