,

Notícias da Região | Palotina

Sexta-feira, 26 de Novembro de 2021

Palotina: Homem que matou ex-mulher com mãos e pés amarrados é condenado a 28 anos de prisão

Correio do Ar

Nesta quinta-feira (25), o homem que confessou ter matado a ex-mulher no dia 15 de fevereiro de 2020, no bairro Osvaldo, em Palotina, foi condenado a 28 anos e um mês de reclusão em regime fechado.

A sentença foi proferida, após apresentação da acusação, bem como preservado o direito de defesa ao réu.

O homem não teve o nome revelado, porém, a pena aplicada é referente ao feminicídio praticado na época contra sua ex-mulher que residia na rua 21 de Abril.

Conforme confessou na época dos fatos, ele foi até a residência da mulher, e por ciúmes entraram em discussão, ele aplicou o golpe chamado “mata Leão”, na sequência amarrou mãos e pés da vítima, finalizando com um golpe de faca no pescoço.

Na hora do crime a filha do casal também encontrava-se na casa.

O corpo da mulher foi “descoberto” pelo próprio assassino que ligou para a polícia informando o achado do cadáver. Porém, durante as investigações, a polícia concluiu que o ex-companheiro seria o autor. Posteriormente, ele acabou confessando e foi preso.

Correio do Ar – A Notícia Que Voa

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário