,

Nacional e Internacional | Nacional e Internacional

Sábado, 14 de Abril de 2018

STJ envia processo de Beto Richa para a Justiça Federal

O processo é decorrente de uma denúncia de 2009.

Foto: Reprodução/Agência Estadual de Notícias

O processo contra o ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB), relativo a suposto desvio de finalidade de verbas federais, foi enviado para a primeira instância da Justiça Federal do Paraná, pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), na quinta-feira (12). A decisão foi do ministro Herman Benjamin. As informações são da Folha de São Paulo.

A decisão do ministro ocorreu após Richa perder o foro privilegiado, por deixar o cargo de governador para concorrer a uma vaga no Senado.

O processo é decorrente de uma denúncia de 2009, e acusa Richa de supostamente desviar finalidade na aplicação de verba federal de R$ 100 mil para reformar unidades de saúde, entre 2006 e 2008. Nesta época, ele era prefeito de Curitiba.

Em 2014 a Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) rejeitou pedido do STJ para que Richa respondesse ao processo. Como na época ele era governador, contava com foro privilegiado e o STJ precisava de autorização da Alep para que Richa pudesse responder ao processo.

Defesa

A defesa do ex-governador se manifestou através de nota, onde afirma que Beto não era o responsável pelos pagamentos e movimentações financeiras do Fundo Municipal de Saúde da Prefeitura de Curitiba, que a funcionária responsável pelo setor, admitiu o erro e foi demitida e, que ainda, os valores foram restituídos à União.

Colaboração Massa News e Folha de São Paulo.

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário