,

Notícias da Região | Curitiba

Quarta-feira, 11 de Setembro de 2019

Proposta para acabar com as licenças-prêmio tem dificuldade pra tramitar na Alep

Após uma audiência pública na manhã de hoje, o projeto foi retirado da CCJ

A proposta do Governo em acabar com as licenças-prêmio dos servidores públicos começa a ter dificuldade para tramitar na Assembleia Legislativa do Paraná.

Na manhã de terça-feira (10) uma audiência pública reuniu servidores do executivo e deputados no Plenarinho da Casa, por conta disso o projeto que prevê o fim das licenças-prêmio, anunciada por Ratinho Júnior na semana passada, foi retirado da CCJ.

A licença prêmio é um benefício concedido apenas para servidores públicos, o servidor que trabalha cinco anos seguidos ganha o direito de se ausentar por três meses de forma remunerada. No caso dos militares, eles trabalham por dez anos e tem seis meses de licença.

O projeto chegou a ser discutido pela primeira vez na CCJ, mas diante das manifestações contrárias de servidores e alguns deputados, inclusive da base do governo, o líder de Ratinho Júnior, deputado Hussein Bakri decidiu retirar da pauta a proposta

A expectativa de uma conversa com o executivo agradou os servidores.

CATVE.COM

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário