,

Esportes | Furacão

Domingo, 25 de Abril de 2021

Com um jogador a mais, Athletico vence o Rio Branco e entra no G8 do estadual

Furacão teve vantagem em campo desde o primeiro tempo, saiu de campo com os três pontos

O Athletico sofreu mais do que o esperado, mas conquistou a segunda vitória no Campeonato Paranaense ao derrotar o Rio Branco por 2 a 0, na tarde deste domingo (26), pela sexta rodada do estadual. O Furacão jogou com um atleta a mais desde a expulsão do volante Paulo Henrique ainda no primeiro tempo, perdeu um pênalti com Khellven na etapa final, mas garantiu o resultado com gols de Vinicius Kauê e Guilherme Bissoli.

Com a vitória, o Athletico ganha pela segunda vez consecutiva, sobe para seis pontos e assume a sexta colocação do Campeonato Paranaense. Após três derrotas no começo do estadual, o Furacão foi ?reforçado? com jogadores do elenco principal e trocou a lanterna pelo G8.

Na próxima partida do Paranaense, o Athletico disputa o clássico contra o Paraná, na sexta-feira (30), às 16h, na Vila Capanema. Antes, o elenco principal volta a campo para a disputa da segunda partida da Sul-Americana diante do Metropolitanos-VEN, na quarta-feira (28), às 19h15, na Arena da Baixada.

O jogo

Com apenas dois jogadores do elenco principal - zagueiro Zé Ivaldo e volante Jaime Alvarado -, o Athletico teve que encarar a forte marcação do Rio Branco desde o começo da partida. Por isso, o Furacão criou poucas chances de gol no primeiro tempo. Aos 8, Jajá tabelou com Vinicius Mingotti e chutou colocado para a defesa de Lucas Macanhan. Já aos 11, Khellven cobrou falta com força da entrada da área e o goleiro do Rio Branco mandou para escanteio.

A missão de parar o ataque do Athletico ficou mais complicada para o Rio Branco após a expulsão do volante Paulo Henrique por falta dura em Kawan. Com um a mais, o Rubro-Negro quase abriu o placar aos 40 minutos, mas Lucas Macanhan fez uma grande defesa na cabeçada de Vinicius Mingotti.

O bom desempenho de Lucas Macanhan continuou na segunda etapa. O goleiro do Rio Branco trabalhou duas vezes em apenas oito minutos para salvar novamente o Rio Branco. Aos 7, Luan Patrick arriscou chute de fora da área e parou no camisa 1. Na sequência, Reinaldo recebeu cruzamento de Denner, cabeceou para a pequena área e Macanhan se esticou para salvar.

No decorrer do segundo tempo, o Athletico seguiu a pressão e teve uma grande chance de tirar o zero do placar. Aos 27 minutos, Vinicius Mingotti recebeu em profundidade e foi derrubado por Lucas Macanhan. Os jogadores do Rio Branco reclamaram que o lance foi fora da área, mas o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Khellven deslocou o goleiro, porém, acertou a trave.

O pênalti perdido não abalou a equipe rubro-negro, que insistiu até garantir da vitória. Aos 37 minutos, o Rubro-Negro tentou no bate e rebate, e a bola sobrou nos pés de Vinicius Kauê, que chutou rasteiro para o fundo das redes. Foi o primeiro gol do lateral-esquerdo como profissional.

Já nos acréscimos, Khellven cruzou a bola na área, Guilherme Bissoli apareceu livre de marcação e cabeceou para marcar o segundo gol e garantir a vitória rubro-negra.

FICHA TÉCNICA

ATHLETICO 2X0 RIO BRANCO
Data: domingo, 25 de abril de 2021
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Horário: 16h
Árbitro: André Ricardo Martins (PR)
Assistentes: Sidmar dos Santos Meurer (PR) e Zacarias Chumlhak (PR)

Athletico: Anderson; Khellven, Lucas Halter, Zé Ivaldo (Luan Patrick) e Jáderson; Jaime Alvarado, Kawan (Vinicius Kauê) e Denner (Matheus Anjos); Jajá (Guilherme Bissoli), Vinicius Mingotti (Geovane) e Reinaldo.
Técnico: Bruno Lazaroni.

Rio Branco: Lucas Macanhan; Léo Simas (Igor), Renato Oliveira, Jacy e Higor; Paulo Henrique, Kevin Arroyo (Pedro Botelho), Zezinho e Guga (Clau); Matheuzinho (Weverton) e Douglas (Vitor Bill).
Técnico: Norberto Lemos.

Gols: Vinicius Kauê (CAP), aos 37? do segundo tempo, e Guilherme Bissoli (CAP), aos 48? do segundo tempo.
Cartões amarelos: Kevin Arroyo e Lucas Macanhan (RBR); Vinicius Mingotti (CAP).
Cartão vermelho: Paulo Henrique (RBR).

Banda B

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário